MÁRCIO RANGEL BEATLES AND MORE @ SESC FORTALEZA BRAZIL

#1
\nIl SESC riceve,Mercoledì 16 novembre, il concerto del noto chitarrista e compositore Márcio Rangel, con Beatles and More progetto e di più alla chitarra. SESC Theatre Iracema a 20 ore.\nNel progetto ARMAZÉM DO SOM,SESC Iracema, il chitarrista e compositore Márcio Rangel.Rangel che è in Brasile dopo aver eseguito in un tour in Europa, insieme con il chitarrista e compositore Nonato Luiz per Ambasciata del Brasile,in Italia. L'artista presenta un repertorio che mescola canzoni dei Beatles, classici della MPB e composizioni originali. La presentazione è prevista per 20 ore, con ingresso gratuito.\n\n\nO Sesc recebe, na quarta feira (16 de Novembro), o show do renomado violonista e compositor Márcio Rangel, com o projeto Beatles and More on Guitar. No Teatro Sesc Iracema, às 20 horas.\n\nNo projeto ARMAZÉM DO SOM no Sesc Iracema, o concerto do violonista e compositor Márcio Rangel.Rangel que está de volta ao Brasil, depois de se apresentar em um tour na Europa, junto com o violonista e compositor cearense Nonato Luiz, para Embaixada do Brasil, Na Itália. O artista apresenta um repertório que mescla cancões dos Beatles, clássicos da MPB e composições próprias, ao som do seu peculiar estilo de tocar violão ao contrário. A apresentação está marcada para 20hrs, com entrada franca.\n\nPara mais informacoes: \nhttp://www.facebook.com/marciorrangel\nhttp://www.mtv.com/artists/marcio-rangel/\nhttp://www.facebook.com/sienaguitarfestival\n\nACOUSTIC GUITAR MAGAZINE: \nhttps://www.yumpu.com/it/document/view/28955033/ar -fingerpicking-net/67:\n\nMARCIO RANGEL, desenvolve um trabalho musical hà anos e já se exibiu nos maiores festivais internacionais,como violonista e compositor brasileiro. Marcio Rangel foi entrevistado por renomadas revistas: Guitarload,(Brazil) ,Guitar club,(It), Chitarre,(It),New Sounds, (De),Acoustic Guitar Magazine, (Eu) ,onde tem artigos publicados sobre a sua tècnica pioneira "UPSIDE DOWN GUITAR" ou seja: "tocar o instrumento ao contrario sem inverter a ordem das cordas"Rangel, que tem larga carreira no exterior, tem apresentado um método criado por ele, onde são repassadas noções de violão para canhotos: Com esse projeto, ele já esteve em vários países divulgando a sua técnica e também ministrando palestras para músicos que queiram desenvolver essa nova maneira de tocar.\n\n\nMARCIO RANGEL, inovador violonista, guitarrista e compositor brasileiro Marcio Rangel, que està de retorno ao Brasil apòs brilhantes apresentações para Unesco,no "International Jazz Day"em Roma e apresentação para Embaixada Brasileira no templo da mùsica da Europa,o Auditorium Music Park.O artista tambèm tem artigos publicados sobre sua tècnica peculiar pela revista europeia Acoustic Guitar Magazine e tambèm foi entrevistado pela renomada revista brasileira Guitarload\nJá se apresentou com grandes artistas do cenário nacional e internacional, tais como: Biréli Lagrène, João Nogueira, Tommy Emmanuel, Monte Montgomery, Stanley Jordan, Hermeto Pascoal, Elza Soares, Acoustic Strawbs, Bendy Pastorius Band,Franco Cerri, Darryl Jones do Rolling Stones, Tuck e Patty, Greg Cosh, Stephen Bennet,Lizzie Watkins, Monte Montgomery, Laurence Juber (ex Wings e Paul Maccartney),The Frank Vignola Quintet, John Renbourn, Stochelo Rosemberg,Fabrizio Bosso, Flavio Boltro...\n\n\nReviews:\nGuitarload: \nhttp://www.guitarload.com.br/edicao/edicao_38.html\n\nA guitarra oferece infinitos sons e possibilidades. Com o timbre ideal e o fraseado correto, é possível passear por estilos musicais variados e até inusitados. Para um instrumentista, porém, não é nada fácil dominar muitas linguagens com precisão e naturalidade. Nesta edição, trazemos alguns dos que conseguiram esse feito! MÁRCIO RANGEL, \nO cara é canhoto e toca de maneira invertida, ampliando os próprios limites. Talentoso ao extremo.\n\n\nOs sons do violão invertido:\n\nPartindo de uma comparação com Jimi Hendrix, entendemos que ambos nao estão unidos apenas pelo fato de serem canhotos, pois como dissemos. Marcio Rangel é canhoto, como o insuperável Jimi Hendrix, mas ao contrário deste último, não altera a posiçao das cordas para ter-las dispostas da mesma forma como um destro, ou seja, com as cordas graves para cima e as cordas agudas para baixo. Observando o uso da sua mao esquerda, ele utiliza tanto a palheta quanto os dedos.\n"Falando de Hendrix" a sua tècnica era uma muito variada, com o uso da palheta na mão esquerda, ou um misto entre "fingerstyle" e palheta, e ainda um estilo (blues rock) que ele mesmo ajudou a forjar.\nMarcio Rangel toca muito diferente, porque nao inverte as cordas e as notas graves estão localizadas perto da palma da mão direita e as cordas "agudas" estão na ponta dos dedos. Com seu estilo proprio, nota-se diferenças substanciais, exceto que os acentos são para cima, contra a gravidade tão natural "para entender".A técnica que ele usa é bastante original e interessante, pois pode-se explorar o movimento natural do fechamento dos dedos para fazer escalas ascendentes muito eficazes e um timbre particular,obtendo acordes e digitaçoes que os guitarristas,violonistas com as cordas na outra direção não conseguem fazer. ( Revista Guitar World,2013).\n\nMarcio Rangel è precursor de um estilo inovador e único, criou e desenvolveu a sua propria tècnica musical.nao se tem noticias de uma metodologia para guitarristas ou violonistas que toquem o instrumento ao contrario , "sem inverter a ordem das cordas"Marcio Rangel è um pioneiro na sua propria linguagem, desenvolveu com anos de pesquisas um estilo todo seu que vai alèm das regras estabelecidas.\n(La Nazione, Italia,2014)\n\n...transfers the top strings,and thus gives more power and prominence to the melodic line. It also leads to different voicings for chords and so creates harmonies and tonal contrasts that are fresh and original.Marcio's playing tends to showcase the music of brazil,though flavoured with jazz,blues and flamenco,it ranges from the soft and nostalgic moods of the bossa nova to the more brash and celebratory sounds of the samba,but also includes brazilian dance forms you might be less familiar with, like the xaxado,baiao and the jongo,Sometimes the complex rhythms are estalished on a loop station,leaving Marcio free to improvise on the top, Brazilian guitar has always been a bit different.and often where the Brazilian pioneers have led,the rest of the world has followed .You've been warned! ("Ullapool International Guitar Festival" (Uk,2011) \n\nO violonista brasileiro Marcio Rangel emergindo de um ponto de vista como excelente artista, com grande capacidade criativa e incrível poder da inspiração, ao mesmo tempo, com um som de alta qualidade ... Antonio, "Soribada Music" (Coreia),2009 \n\nMárçio Rangel teve a oportunidade de se apresentar renomados festivais europeus, chamando a atenção de publicações respeitadas como a revista Guitar Player "Novo talento entre os violonistas e compositores brasileiros "\n(Guitar Player,2007)\n\nBiografia: MARCIO RANGEL\n\nReconhecido na Europa, Rangel participou dos maiores festivais europeus, tais como: Ullapool International Guitar Festival (Uk),Auditorium Parco Della Musica com apoio da Embaixada Brasileira em Roma, e no International Jazz Day, organizado pela Unesco, onde se exibiu ao lado de estrelas do jazz Internacional.\nO artista tem recebido muita atenção na imprensa europeia, com entrevista em revistas especializadas como a New Sounds, e aparições em emissoras de TV como convidado da Rai TV, Sky Italia, Jazz It TV,Toscana TV,Sccotish TV,(Uk),\n\nMarcio Rangel, que começou sua trajetória como músico em Mossoró, é um violonista brasileiro conhecido pelo grande potencial de composição Canhoto, como Jimi Hendrix toca o instrumento "invertido", ou seja, usando um violão destro, tocando-o de "cabeça para baixo", desenvolvendo sua própria maneira para tocar solos, linhas de acordes, dedilhados, arpejos e muitas técnicas diferentes no instrumento criando uma sonoridade única. \nCompositor de alto nível , suas composições originais são de rara beleza e lirismo, com harmonias e ritmos complexos e, ao mesmo tempo, melodicamente acessíveis em primeira audição.\nSeu ecletismo leva a uma linguagem universal que abrange uma vasta gama de estilos musicais, incorporando influências de muitas culturas, combinando-as com uma excelente técnica incomum e grande sensibilidade.\n\nO artista atuou recentemente ao lado do violonista Nonato Luiz em um tour na Europa para Embaixada do Brasil com o show Violões doi Brasil. \n\n\n\n\n\nBEATLES AND MORE ON GUITAR\n16, Novembre 2016 \n8:00 PM - 9:00 PM \nSESC IRACEMA - FORTALEZA- BRAZIL\nRua Boris, 90 – Praia de Iracema\nFortaleza, Ceará \nPerformers: Márcio Rangel - Guitar

Chi c’è in linea

Visitano il forum: Nessuno e 1 ospite